S5 Big Picture - шаблон joomla Новости
Home
Menu

become

man

become

Momentos de Reflexão

"E Deus disse: Por isso o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa. Assim já não são duas pessoas, mas uma só. Portanto, que ninguém separe o que Deus uniu."
Mateus 19:5-6

"E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria."
I Coríntios 13:2

"E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria."
I Coríntios 13:3

Família é «antídoto» para «exclusão e marginalização»

O professor Manuel Braga da Cruz, antigo reitor da Universidade Católica Portuguesa (UCP), defende que a família, mais do que “destinatária de políticas sociais”, pode ser “parceira” essencial do Estado na aplicação dessas políticas.

“Basta olhar para a situação de crise, em que o grande sustentáculo das pessoas tem sido a família”, apontou o docente em entrevista à Agência ECCLESIA, destacando o papel que ela tem desempenhado por exemplo ao nível da “educação” e da “assistência social”.

Atualmente à frente do Mestrado em Ciências da Família da UCP, Manuel Braga da Cruz sublinha que “a família é um antídoto à exclusão e marginalização social”.

“É por isso que os poderes públicos lhe prestam tanta atenção”, ainda que “não tanta como seria desejável”, aponta aquele responsável.

Para o antigo reitor da UCP, “há muito a fazer, não só do ponto de vista fiscal” mas em outros setores como a promoção da “natalidade” e a implementação de leis laborais que permitam uma melhor “articulação entre trabalho e família”.

Quanto à questão da natalidade, ela “não se resolve retirando as mulheres do mercado de trabalho ou da vida profissional”.

Têm de ser criada sim condições para que elas possam “conciliar a sua carreira com a vocação à maternidade”.

Ao mesmo tempo, frisa Manuel Braga da Cruz, é preciso garantir às famílias o direito de “organizarem a sua vida de maneira a que possam ter filhos e educá-los da melhor maneira”.

“São muitos os fatores que podem favorecer o desenvolvimento da natalidade e nós estamos urgentemente precisados disso”, aponta o docente.

O Instituto de Ciências da Família da UCP tem como principal objetivo “estudar a família do ponto de vista científico e prestar atenção às políticas que importam implementar para valorizar a família do ponto de vista social e institucional”.

“Porque quanto mais valorizada estiver a família do ponto de vista político, social e cultural, mais as sociedades poderão beneficiar da coesão, da solidariedade social, da integração social”, conclui Manuel Braga da Cruz.

A entrevista ao antigo reitor da Universidade Católica Portuguesa pode ser acompanhada na edição de hoje do Programa ECCLESIA, a partir das 15h30 na RTP2.

HM/JCP

Jornal do Leitor

Centros Sociais

 

Links Úteis



Beatificação Silvia Cardoso

Causa de Beatificação de Silvia Cardoso, mais informações em http://silviacardoso.diocese-porto.pt/

Liturgia da Palavra

"Orai também por mim, para que a palavra seja posta em minha boca para anunciar corajosamente o mistério do Evangelho"

Saiba mais

Diocese do Porto

O lema que nos vai guiar ao longo do Ano Pastoral de 2014-15: “A alegria do Evangelho é a nossa missão”.

Inspira-se esta escolha do lema na urgência da evangelização a que o magistério da Igreja ultimamente nos tem convocado e nas experiências mais recentes vividas pela Diocese do Porto.

Pároco - Atendimento

CARVALHOSA - Quarta Feira às 18h30

EIRIZ - Quinta Feira às 19h30

FIGUEIRÓ - Terça-feira às 18h30

Secretaria Paroquial

Segunda a Sexta Feira

09:30h às 12h e das 14h às 18:30h

Sábado

09:30h às 13:00

Cartório Paroquial de Carvalhosa

S5 Box