S5 Big Picture - шаблон joomla Новости
Home
Menu

become

man

become

Momentos de Reflexão

"E Deus disse: Por isso o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa. Assim já não são duas pessoas, mas uma só. Portanto, que ninguém separe o que Deus uniu."
Mateus 19:5-6

"E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria."
I Coríntios 13:2

"E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria."
I Coríntios 13:3

Papa pede que o Natal seja momento de fé, fraternidade e solidariedade

O Papa pediu hoje no Vaticano que o Natal seja uma celebração de fé, fraternidade e solidariedade, com referência especial à dimensão familiar da festa.

“O meu pensamento dirige-se especialmente às famílias, às vossas famílias, que nestes dias de festa se voltam a reunir: quem vive longe dos pais, põe-se a caminho e volta a casa; os irmãos tentam reencontrar-se. Que o Santo Natal seja para todos uma ocasião de fraternidade, de crescimento na fé e de gestos de solidariedade para com os que estão em necessidade”, disse, desde a janela do apartamento pontifício.

Francisco falava a milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, para a recitação dominical da oração do ângelus, tendo centrado a sua tradicional reflexão na figura de São José.

O Papa falou de um homem “pobre, que vive do essencial” e soube “fazer a vontade de Deus”, mesmo quando confrontado com a gravidez de Maria, evitando uma denúncia que a teria levado à morte.

O exemplo de São José, manso e sábio, exorta-nos a elevar o olhar, procurando ver além. Trata-se de resgatar a surpreendente lógica de Deus que, longe dos pequenos ou grandes cálculos, é feita de abertura a novos horizontes, a Cristo e à sua Palavra.

“Que a Virgem Maria e o seu casto esposo José nos ajudem a colocarmo-nos à escuta de Jesus que vem e que pede que o ouçamos nos nossos projetos e nas nossas escolhas”, declarou.

A cerimónia contou com uma delegação de cidades italianas “gravemente poluídas”, que Francisco apoiou na sua luta por uma “melhor qualidade do ambiente e um adequado cuidado da saúde”.

O domingo do Papa começou no auditório Paulo VI, onde recebeu as crianças assistidas pelo dispensário pediátrico “Santa Marta” no Vaticano, com familiares e voluntários.

Num clima de festa, com direito a bolo pelo 83.º aniversário de Francisco, celebrado na última semana, as crianças rodearam o pontífice e apresentaram cânticos e animações sobre o Natal.

O Papa agradeceu a todos os que prepararam o encontro, destacando a importância de brincar com as crianças, antes de apresentar uma breve reflexão sobre as palavras que acompanhavam as caixas oferecidas por três “reis magos: Esperança, Amor e Paz.

“A guerra mata a vida, mata idosos, jovens, crianças, mata tudo. Mas para derrotar a guerra, é necessário amor. Como se pode viver sem guerra? Com amor”, disse, pedindo aos mais novos que repetissem estas palavras, “Esperança, Amor e Paz”.

OC

Jornal do Leitor

Centros Sociais

Links Úteis



Beatificação Silvia Cardoso

Causa de Beatificação de Silvia Cardoso, mais informações em http://silviacardoso.diocese-porto.pt/

Liturgia da Palavra

"Orai também por mim, para que a palavra seja posta em minha boca para anunciar corajosamente o mistério do Evangelho"

Saiba mais

Diocese do Porto

O lema que nos vai guiar ao longo do Ano Pastoral de 2014-15: “A alegria do Evangelho é a nossa missão”.

Inspira-se esta escolha do lema na urgência da evangelização a que o magistério da Igreja ultimamente nos tem convocado e nas experiências mais recentes vividas pela Diocese do Porto.

Pároco - Atendimento

CARVALHOSA - Quarta Feira às 18h30

EIRIZ - Quinta Feira às 19h30

SANFINS DE FERREIRA - Terça-feira às 19h30

FIGUEIRÓ - Sexta-feira às 18h30

Secretaria Paroquial

Segunda a Sexta Feira

10h às 12h e das 14h às 19h

Sábado

10h às 12h e das 14h às 17h

Cartório Paroquial de Carvalhosa

S5 Box